Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Barriga Mendinha

Barriga Mendinha

Natal pechincheiro, Natal sem culpas e ainda mais feliz!

natal2.jpg

Este ano vou fazer um post sobre as prendas de Natal.. mas de uma forma "terra a terra". Para quem faz todos os meses contas à vida... Vou deixar de lado as "frescuras" das marcas e o gosto pelas novidades que qualquer blogger inevitavelmente tem e... contar-vos que sou muito "pechincheira" nos presentes que compro para esta época.

 

A verdade, verdadinha é que, apesar de não conseguir, obviamente resisir a uma ou outra coisa mais cara, normalmente para os miúdos, que obviamente já nos pedem brinquedos específicos, a verdade é que nos últimos tempos tenho conseguido fazer algo que sempre achei fascinante numa ou outra pessoa que ouvia dizer que.. ia comprando ao longo do ano.

 

Sempre achei o conceito bem pensado, muito corente e "espertalhão", mas durante muito tempo fora das minhas possibilidades de vida. Não falo de possibilidades monetárias, antes pelo contrário, porque assim poupa-se e não é pouco... mas a verdade é que antes de ter filhos, a minha vida tinha poucas rotinas e essa  "coisa de poupar", assumo, não era a minha especialidade. Acabava sempre no horroso "lufa lufa", dos últimos dias antes do Natal, aos encontrões nos shoppings e a comprar coisas... caras e muitas vezes que nem tinham nada de efetivamente especial e a ver com as pessoas a quem as ia oferecer. Era o "comprar por comprar".12390872_1086429538043216_939541470098683257_n.jpg

Desde que, comecei a conseguir fazer esta gestão de compra de prendas durante o ano ( acho que o faço há 2, 3 anos), restruturei o meu "pensamento consumista" e programei-me para fazer coisas como, por exemplo comprar roupa nos saldos de Verão ou Inverno, já a pensar no ano seguinte e/ou... claro está no Natal e em alguns aniversários... que não calham em épocas de promoções.

 

As vantagens são muitas. Consigo ter tempo para pensar bem nas prendas, se encontro algo que é a "cara de alguém", não hesito em comprar porque sei que vale a pena, não estou a gastar muito e é algo mais personalizado. Mais ainda... ao dia de hoje... já tenho tudo organizado e agora é só embrulhar.

 

Os brinquedos dos miúdos ( que normalmente são caros, principalmente se forem de marcas pedidas por eles e "impingidas" pelos canais de televisão que vêem), por exemplo, comprei todos em promoções e ações de supermercados (todos vão tendo, é só ficar atento a qual e em que periodo vejam folhetos, pesquisem na net....), as prendas dos mais velhos, "enfeirei" em outlets (vivo ao lado de um imaginem....) e mesmo assim.... em fins de semana de hiper hiper promoções, que que os preços chegam a cair até 80%... E é aí que normalmente vou às marcas mais conhecidas, tradicionalmente caras e de renome (ténis, por exemplo, perfumes, malas...).

 

A única chatice... mas que também podemos ver pelo lado positivo ( se gostarmos de trabalhos manuais lol) é que normalmente nos saldos e afins, não se fazem embrulhos nas lojas... por isso, é que em vez de andar nas lojas nas vésperas de Natal.... ando a fazer embrulhos com papeis e saquinhos comprados e outros adaptados por mim. Com papel celofane, de jornal, com sacos de tecido ou serapilheira.. enfim... aí entra a criatividade e... a paciência... E pronto é nesta fase que estamos. Que estou. Nos embrulhos. Hoje os miúdos não estão em casa à noite e vou deitar mãos à obra.

 

Acreditem que fico mesmo orgulhosa, ao olhar para esta foto (e para o chão da minha sala, que está cheio que nem um ovo) e ver que vou conseguir presentear tanta gente e sem ter estado procupada com dinheiros este mês, tendo em conta que dilui as compras ao longo dos meses anteriores e mais ainda... que paguei uma pechincha por isto tudo!! Sem culpas... Uau!! Adoroooooo ;))

 

E pronto... mesmo que não o tenham feito este ano, comecem a pensar nisto para o outro. Larguem lá as vergonhas do que é "baratinho" que é tão bom ou melhor do que o que se paga caro. E digo-vos uma coisa que me incomda muito. É que neste país donimado pela Troika, pela crise e pelos cortes nisto e naquilo, na época de Natal, sinto-me escandalizada com tamanho desperdício de dinheiro. Não digo que não dê prendas. Mas o simbolismo é tão ou mais importante que o valor envolvido. Acredito até, que existam famílias a empenharem-se mais e mais para esta noite do ano. Acho ridículo e mal feito, as pessoas ficam embuídas por um espírito louco de consumismo....

 

E tenho dito. Ah... só para perceberem: a prenda mais barata que está aqui... custou 20 centimos (!!!!)... a mais cara... 10 euros!! Por isso quando falo de poupança... falo mesmo de POUPANÇA!! Abram os olhos pessoal..... quem vende assim em promoções, imaginem o que "enche o bolso" com os valores normais que nos cobram. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub